Paixo

Justiça Estadual decreta a indisponibilidade dos bens do Madiocão

O prefeito José Luiz Alves Antunes, popularmente conhecido como Mandiocão, está com seus bens indisponíveis por determinação judicial do Dr. Pedro Amorim Gotlib Pilderwasser, Juiz Titular da 2ª Vara da Comarca de Rio Bonito, conforme os documentos de fls. 1847/1850 do Processo Eletrônico nº0002888-03.2017.8.19.0046, referente à ação civil pública que busca a condenação dos réus pela prática de atos de improbidade administrativa previstos nos arts. 10, caput e 11, V da Lei nº8429/92, consistente em ilicitudes praticadas na contratação de sociedade especializada em locação de veículos para atendimento às secretarias municipais, na forma detalhada na inicial. Dessa forma, o Ministério Público, liminarmente, requereu a decretação da indisponibilidade de bens dos demandados até o limite do prejuízo causado aos cofres públicos, no valor de R$257.235,69.

É importante atentar para o fato de que o processo ainda não foi sentenciado, enquanto que se encontra na fase inicial.

Por fim, vamos aguardar as novidades no cenário político municipal pelas próximas semanas.

 

Por Nadelson Costa Nogueira Junior

Comentários