P_20151205_195817_1_p

O CRIAR é uma escola com Alma e espírito na busca pela perfeição

No último sábado, dia 05/12/2015, a Escola Criar realizou seu tradicional evento do encerramento do ano letivo, com o tema: – PAZ.

Como a proposta da escola, que é educar com inteligência, o Criar inovou toda a logística do encerramento esse ano, dividindo-lhe em duas partes.  Assim, o evento foi mais objetivo e participativo, além de ter facilitado a vida dos visitantes desde o estacionamento até as acomodações de praxe.

Pessoalmente, o principal evento da noite foi a entrega do livro e do primeiro certificado simbólico da minha filha, que ingressará na 2ª série em 2016. Entretanto, houve um momento em que, literalmente, fiquei emocionado, tendo em vista que não é comum ver uma classe inteira da 5ª série cantar na linguagem dos sinais (LIBRAS). As luzes piscavam e evidenciavam as luvas. As crianças expressavam a emoção em movimento.

Houve um terceiro momento emocionante, quando, no intervalo de uma apresentação para outra, colocaram o discurso do filme “O Ditador”,  de Charles Chaplin, falando sobre o preço da paz, bem como, criticando a exploração do trabalho humano em sua época. Simplesmente, a equipe do Criar conseguiu expressar parte da sua proposta epistemológica e pedagógica, com substância e substrato.

Por fim, não existe qualquer instituição de ensino, na região, que se aproxime da materialidade do conhecimento prático e teórico que o Criar se propôs realizar dentro do construtivismo. O encerramento do ano de 2015 deixou bem claro que uma escola pode e deve ter a melhor estrutura física e ambiental possível, com salas climatizadas, quadra de esporte, atividades extracurriculares tais como ballet, natação e lutas marciais, como o mercado tem exigido para que as escolas se apresentem com “qualidade”. Todavia, a escola precisa ter alma e espírito. Ela precisa ter uma missão, visão e objetivos. Ao ver a resposta da minha filha ao método da alfabetização e a propriedade das turmas mais avançadas, eu não posso deixar de manifestar minha certeza de que a Sophia está no lugar certo.

 

Por Nadelson Costa Nogueira Junior

Comentários