solange-almeida

Pezão suspende a nomeação de Solange Pereira de Almeida, em função da sua condenação na Justiça Federal

Após fazer a leitura do relatório do Ministério Público Federal sobre a situação jurídica da ex-prefeita de Rio Bonito, Solange Pereira de Almeida, o governador Pezão suspendeu sua nomeação, uma vez que ela está impedida de exercer cargos públicos pelo período de 06 (seis) anos, por força do processo nº0000206-12.2009.4.02.5107, oriundo da Justiça Federal.
A lógica indica que o gabinete do governador do Estado do Rio de Janeiro não fez a pesquisa de campo necessária, ou simplesmente pagou para ver, se a Justiça Pública iria se manifestar ou não. Assim, a justiça está sendo feita, conforme a opinião pública, enquanto que as portas se fecharam para a Solange Pereira de Almeida em relação à Secretaria de Estado e sua possível candidatura ao cargo de deputado em 2018.
Por fim, o Ministério Público Federal merece aplausos pela brilhante atuação.

A opinião pública está feliz e alegre com a justiça, incluindo os grupos políticos rio-bonitenses, com exceção dos Solangistas.

 

Por Nadelson Costa Nogueira Junior

Comentários