Posts

13906841_853893824745483_547454313672267438_n

Fátima Mendonça garantiu a continuidade na Comunicação Social do Município de Rio Bonito

Fátima Mendonça, ex-secretária municipal de comunicação da PMRB.

Fátima Mendonça, ex-secretária municipal de comunicação da PMRB.

Na concorrência existente entre os grupos políticos, em suas entradas e saídas do governo, os arquivos dos computadores são delatados, alguns documentos desaparecem e os protocolos da transmissão do poder são passados de um prefeito para outro, através da solenidade da entrega das chaves, que a ex-prefeita não o fez em 2017, incluindo a transição. Só quem acompanha os bastidores do governo e do serviço público entenderá a complexidade de se começar um governo em Rio Bonito, com ou sem transição, porque é preciso ter muita dedicação e conhecimento de rede para juntar as peças do quebra-cabeça administrativo para reorganizar e colocar as coisas no seu devido lugar, mesmo com a existência das secretarias municipais de planejamento e gestão pública, porque a Prefeitura está na idade da pedra, quando o mundo se encontra globalizado e na era digital.

Fazer a comunicação social de uma organização pública não é uma tarefa fácil, principalmente, tratando-se da PMRB (Prefeitura Municipal de Rio Bonito), com sua diversidade nas secretarias, departamentos e setores logísticos e administrativos, enquanto que suas funções vão muito além da construção das resenhas e da assessoria de imprensa, uma vez que a secretaria de comunicação social é responsável pelas relações públicas, pelo endomarketing e marketing, o trabalho da imagem institucional perante a sociedade civil, pelo cerimonial na recepção das autoridades nos eventos públicos, sendo-lhes abertos ou fechados, e pelas pesquisas da qualidade de satisfação do cliente (cidadão), o que deveria incluir o serviço da ouvidoria.

Mas, num circuito descontrolado, onde o caos parece imperar, vislumbrando tradicionalmente sabotar os governos sucessores, a ex-secretária de comunicação, Fátima Mendonça, teve a postura ética e coerente de transferir o site do Município de Rio Bonito, com seus protocolos de acesso e as redes sociais, priorizando o Facebook, o Twitter e o Youtube. Ela seguiu os princípios da continuidade, da eficiência e da impessoalidade, que são partes dos pilares que definem a gestão pública. Ela não se apropriou da coisa pública, mesmo que fosse virtual, transferindo parte do capital do conhecimento e da informação, incluindo a complexa carteira dos contatos digitais, ao atual governo. Embora a postura da ex-secretária pareça óbvia ao leitor e ao cidadão, ela se torna latente pelo simples fato de que não houve tal reciprocidade em 2013, quando a tradição gestora da transmissão foi realizada, também, sem transição.

Por fim, o conhecimento institucional da PMRB não pode ficar retido nas mãos de um grupo político, porque seu patrimônio é dos riobonitenses e de toda a humanidade. A Fátima Mendonça compreendeu o tamanho da sua responsabilidade e se manteve fiel ao conceito filosófico e arquitetônico da secretaria de comunicação, materializado em seu planejamento estratégico. Assim, espero que o atual governo tenha a mesma postura ética, quando for transferir as chaves e os protocolos do Município, porque alguém tem que dar o primeiro passo e servir de exemplo positivo para as futuras gerações.

 

Por Nadelson Costa Nogueira Junior

terry_myerson_silhouette_web_1

O Windows 10 é funcional e indico, mesmo diante dos ajustes em sua arquitetura

Windows_10_build_14393_(Redstone)Instalei o Windows 10, na versão 64 bits, no meu computador, enquanto que a experiência no novo layout foi muito interessante, tendo em vista seu foco na intuição do usuário, com ícones simples e objetivos.

O Novo sistema operacional da Microsoft Corporation focaliza a acessibilidade do usuário, levando em consideração as limitações dos portadores de necessidades especiais, ampliando a experiência na interatividade com o áudio. Todavia, o quesito que mais me fascinou foi justamente a qualidade na resolução das imagens e dos vídeos, uma vez que não deixa nada a desejar em comparação com os softwares que rodam nas plataformas IOS LEOPARD e LINUX.

A arquitetura do sistema de áudio foi aprimorada, apresentando o som digital mais limpo, ampliando a experiência do usuário que curte escutar música no computador ou que dedica parte do seu tempo nos jogos.

Windows-10-logoMas, as mudanças nos softwares e sistemas operacionais exigem tempo na solução dos problemas, que surgem durante a utilização por parte dos usuários. Logo, não seria diferente do Windows 10, que superou o Windows 8, que foi lançado com várias falhas no sistema e na sua arquitetura, perdendo o espaço no mercado para a versão anterior do Windows 7, que não está mais recebendo as atualizações de praxe por parte da Microsoft, salvo o upgrade para o próprio Windows 10, que dá a opção da experiência nos modos TABLET ou COMPUTADOR, travando várias vezes durante as atualizações, atrapalhando a utilização da máquina, principalmente, na utilização do NETFLIX e do YOUTUBE. Nesse caso, aconselho o usuário proceder a atualização completa da máquina, antes do uso, objetivando diminuir as flutuações do computador durante do uso.

O Windows 10 está apresentando conflitos com alguns modelos de impressora com mais de 03 anos de lançamento, principalmente, da HP (Hewlett-Packard), uma vez que o usuário instala o software e o driver, enquanto que o sistema operacional entra em conflito num dado momento, solicitando que a máquina seja reiniciada, simplesmente, desinstalando os programas da impressora ou não a reconhecendo. A HP já disponibilizou o software de instalação e monitoramento genérico no seu site, objetivando facilitar a instalação e a solução nos casos da incompatibilidade. Todavia, ao longo dos últimos 30 dias, já tive que reinstalar a impressora 03 vezes.

O Sistema Operacional também apresentou conflitos com a placa de rede RJ-45, que foram resolvidos com a atualização padrão e a verificação do próprio sistema, após a instalação.

Por fim, comparando os pontos positivos e negativos do Windows 10, ele promete penetrar no mercado consumidor, concorrendo com os softwares Livres e o IOS da Apple, propondo a compatibilidade e a integração dos computadores de mesma (DESKTOP), notebooks e dispositivos portáteis, incluindo os celulares, seguindo a tendência criada pela Apple, que já permite a sincronização entre seus produtos desde 2007, quando houve o lançamento e a proliferação do IPHONE pelo mundo, mudando o conceito da portabilidade e da acessibilidade à informação desde então.

 

Por Nadelson Costa Nogueira Junior

NADFAD – Manutenção e Montagem de Computadores

Tel: (21)98829-2915 / (21)2734-6548