20150509151542

A 2ª Vara da Comarca de Rio Bonito sempre ficará na minha memória.

A equipe e amigos da 2ª Vara da Comarca de Rio Bonito.

A equipe e amigos da 2ª Vara da Comarca de Rio Bonito.

No último dia 28/05/2015, meu vínculo com a família da 2ª Vara da Comarca de Rio Bonito foi rompido pela natureza do serviço público, que teve sua força aplicada por diversos motivos lógicos e organizacionais. Primeiro, o colega Jaci se aposentou, deixando a secretaria da direção do Fórum vaga. Segundo, veio a possibilidade da promoção da nossa magistrada, que também provocou o desejo de saída do nosso chefe, Fernando. As estagiárias, coincidentemente, terminaram o estágio no mesmo período, enquanto que a Gilza também se aposentou. Em suma, a 2ª Vara ficará limitada aos meus amigos, Rogério, Vicente, Luiz Eduardo,Eduardo e Sávio, que está no gabinete. Para piorar a sistuação, conforme brincamos no nosso cotidiano, o Luis Celso está com a mão na maçaneta da porta da aposentadoria para começar novos planos.

A verdade é que eu ainda tenho 18 anos pela frente no serviço público para pensar na aposentadoria. Nos últimos 16 anos, no Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro, já fiz de tudo um pouco, exceto a função administrativa. Logo, aceitei o desafio de exercer a função de secretário da direção do Fórum, tendo em vista que estou terminando o curso de gestão em Recursos Humanos. O Egrégio Tribunal de Justiça está me dando a oportunidade de me aproximar mais da minha mais nova competência acadêmica.

Aos letrados, que desconhecem literalmente a prática administrativa, terei que fazer uma observação interessante: – Exercer a secretaria da direção do Fórum de Rio Bonito, com funcionários, maquinários, estruturas, elevadores e materiais, não é um conjunto de rotinas fáceis, principalmente, quando se tem dois síndicos, sendo um da obra e outro do próprio tribunal, para responder e-mails, agendar visitas, e preencher relatórios, continuamente. O exercício da função é dinâmico, exige liderança, compreensão da hierarquia e das regras do comportamento humano. Em suma, estou num laboratório, onde todos aprendem ao mesmo tempo.

Sentirei falta das conversas que tinhamos e das risadas. Mas, a vida segue para frente, enquanto que precisamos ver todas as oportunidades, como uma forma de aprendizagem. E assim, estou aprendendo com os livros e anotações do Jaci, que permitiu a aplicação do princípio da continuidade, através da organização dos livros e registros, mantendo a direção eficiente.

Eu sinto saudades da equipe da 1ª Vara de Família Regional da Alcântara. Já sinto saudades da 2ª Vara e, principalmente, dos amigos e colegas que se aposentaram, depositando a fé de que a vida não é e jamais poderá ser medida por posses e dinheiro, mas por experiências e lembranças. Assim,  guardo cada nome e cada bom momento no meu peito, executando a inteligência emocional no meu aplicativo cérebro, porque o tempo não pode parar, mesmo com nossa ausência.

 

Nadelson Costa Nogueira Junior