vendo_televisao

Nação Estranha

Eu tenho visto corpos estranhos,

Gente estranha com ideias estranhas.

Eles querem o bem do país,

Mas só pensam no melhor para si.

 

Eles perderam as eleições,

E decidiram ganhar no grito.

Construíram emendas,

Que provocaram as demissões,

Transformaram o Brasil num circo.

 

Carros blindados andam pela madrugada.

Somos manipulados na era da informação.

Constroem notícias de fachada,

Para gerar o ódio em uma nação.

 

Não existe política, sem corrupção. Proibiram o lobismo!

Os partidos foram construídos para purificação.

Logo, manter o cargo é muito caro, exigindo sacrifícios.

Mas o político não gosta do trabalho, usando os termos aditivos.

 

A eleição se faz com democracia.

Mas a democracia está no cadeado.

O sistema se blindou com as delações premiadas,

Dificultado o trabalho do Estado.

 

Essa nação é muito imatura.

Constrói candidaturas, para manter a ditadura.

Enquanto a informação nacional te aliena,

A imprensa internacional te orienta.

 

E essa é uma nação soberana,

Que transformou os nobres em estadistas.

Consentindo aberrações desumanas,

Que também são narcisistas.

 

Não importa se a economia está delicada,

Ou se o trabalho de uma vida irá à falência.

O Estado tem que aumentar a arrecadação,

Visando manter toda essa desorganização.

 

Somos tribos,

Que se organizam em feudos.

Depois, construíram a constituição,

Para transformarem tudo isso em unidade da federação.

 

Nadelson Costa Nogueira Junior

Comentários