Posts

whatsapp-image-2018-01-29-at-21-29-52

Estúdio de Dança Sonharte apresenta Karina Freitas, professora de Ballet e Jazz

Com 06 anos de experiência no ballet e no jazz, a professora Karina Freitas integrou o grupo de dança ministerial amadora por 04 anos, estagiando ballet e jazz por 02 anos com a Carol Rodrigues, no Estúdio de Dança Sonharte e danças urbanas com o professor Marcos Paulo por 01 ano.

Ela também é estudante de fisioterapia, maximizando sua expertise na dança e nas coreografias, aplicando as noções da anatomia e fisiologia humana no desenvolvimento motor dos alunos e no processo criativo coreográfico na dança.
Para Karina Freitas, “a dança é algo que desejo levar consigo pro resto da sua vida, pois é uma linguagem incrível que nos permite expressar o que sentimos através dos movimentos do nosso corpo.”

 

[layerslider id=”16″]

 

Por Karina Freitas.

20150412_153934

Boulangerie Guerin é um pedaço de Paris em Copacabana

Copacabana é o cartão postal do Brasil no exterior. Muitos pensam que o principal motivo desse resultado é sua praia imponente, com seus hotéis de luxo, que promovem um marketing contínuo. Todavia, só vivendo em copacabana para compreender a essência e a diversidade das pessoas que moram e que trabalham naquele bairro cativante e maravilhoso. Poderia começar pela arquitetura e sua influência judaica, seguir pelas duas sinagogas que atuam fortemente no bairro. Depois, poderíamos passar pelo shopping das antiguidades entre a Siqueira Campos e a Figueiredo Magalhães, atravessar as avenidas e visitar cada padaria portuguesa com seus pastéis de santa clara, até terminar no Forte de Copacabana, sentado na tradicional Confeitaria Colombo e saborear seu tradicional chá e àquela deliciosa bomba de creme.20150412_153807

Nos últimos dois anos, minha família encontrou um esconderijo mágico para degustar um bom café, um chocolate quente com doces sofisticados. Estou falando da Padaria Guerin, localizada na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, entre a Bolíva e a Barão de Ipanema. Um estabelecimento com a marca consagrada e com a proposta de levar o carioca à Paris, com algumas mordidas e provas. E assim, eu me delicio, com minha família, à mistura do chocolate quente com a bomba de creme, chamada la dentro, no francês, de Eclair  à la Vanille. Minha esposa já prefere a tortinha de framboesa ou “Tartelette aux framboises”. Simplesmente, é um momento mágico que precisa ser experimentado por aqueles que estiverem dando um passeio por copacabana.

Alguns reclamarão do preço. Mas, pela qualidade, a assinatura gastronômica do premiado chef pâtissier Dominique Guerin,  e a proposta do negócio por si só, eu acho que vale cada Real investido.

Eu amo copacabana por causa de sua diversidade e gastronomia. Se eu pudesse levá-las para Rio Bonito, minha vida se tornaria um paraíso literário e gastronômico. Para ficar perfeito, eu teria que transferir a sinagoga e o teatro municipal para cá.

Visitem: http://padariaguerin.com.br/

 

Nadelson Costa Nogueira Junior