Posts

26165329_1882855535075869_2636532047930562544_n

Lona na Lua e Criança Esperança abrem inscrições para o projeto “Lona na Lua – Oficinas de Artes”

“Uma das conquistas mais marcantes nos oito anos de existência do Lona na Lua está prestes a começar. Nos dias 8 e 9 de janeiro, a partir das 18h, o movimento sociocultural de Rio Bonito recebe inscrições para o projeto “Lona na Lua – Oficinas de Artes”, apoiado pela primeira vez pelo Criança Esperança, uma parceria da Rede Globo com a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

Serão 200 novas vagas para crianças e adolescentes de 8 a 17 anos nas oficinas de teatro, música, circo, dança, cenografia e figurino e roteiro. Para se matricular, os alunos devem comparecer ao Espaço Cultural acompanhados do responsável legal, cópia da identidade ou certidão de nascimento e uma foto 3×4. “Será um ano muito especial. Teremos mais crianças atendidas, mais espetáculos produzidos, e consequentemente, um impacto social ainda maior em nosso município. É a chance que o jovem riobonitense tem de aprender mais sobre a arte que pulsa de verdade que fazemos aqui”, afirma Zeca Novais, fundador do Projeto.

O Lona na Lua é uma associação cultural e social sem fins lucrativos que tem como objetivo proporcionar cultura para a população, contribuindo com o desenvolvimento de crianças e adolescentes através de um modelo de arte inclusiva. As inscrições e oficinas são gratuitas. Não perca!

SERVIÇO
Inscrições para o projeto “Lona na Lua – Oficinas de Artes”, apoiado pelo Criança Esperança

Quando: 8 e 9 de janeiro, a partir das 18h
Onde: Espaço Cultural Lona na Lua – Avenida Sete de Maio, S/Nº, Centro – Rio Bonito
Podem se matricular crianças e adolescentes de 8 a 18 anos.
Inscrições gratuitas.”

O "Auto da Compadecida" foi a grande atração da noite no palco do "Natal Bonito".

Natal Bonito mostra que Rio Bonito pode ser mais bonito

“Praça Fonseca Portela lotada. No palco, um grupo de jovens e adolescentes. Meninos que conseguiram na marra e na persistência alcançar o estrelato. A estória de Ariano Suassuna, “O Auto da Compadecida”, permitiu vermos no palco, jovens e crianças de todas as idades e talentos variados. O desempenho da garotada confirma o que já se sabe há muito tempo: Rio Bonito é uma terra de pessoas talentosas, de artistas que precisam apenas que lhes pavimente o caminho.
Do outro lado da rua, artesãos, gente tão talentosa quantos os atores que davam vida a obra de Suassuna. Pessoas que através de traços, riscos, pinturas, dobraduras e cortes; confirmavam que talento e criatividade é realmente a marca da nossa gente. O polêmico “Natal Bonito”, iniciativa que inebria ufanistas e desagrada pessimistas; confirma que nossa gente tão sofrida exige serviços públicos de qualidade, mas também gosta de celebrar e expor seus atributos.
Os artistas, no palco e na rua? Esses querem apenas oportunidades. Oportunidades de externar o seu talento, sua criatividade, suas obras. Eventos como o que aconteceu na noite desse sábado, 16 de dezembro, por mais que o palco do Natal Bonito tenha recebido até aqui muita gente talentosa, cria uma expectativa positiva na cabeça do riobonitense, que há anos deseja ter um Ano novo que ofereça de verdade novas perspectivas.
A trupe do Lona na Lua, os artesãos e aqueles que estão empenhados em promover o “Natal Bonito”; pela primeira vez conseguem, em muitos anos, alinhar o que é desejo do riobonitense há muito tempo: ver nossos artistas valorizados, ter orgulho de ser riobonitenses e acreditar que Rio Bonito é uma cidade possível.”
Por Flávio Azevedo.
20150820_170235

O Lona na Lua apresenta “A Terra de Oz”

A Terra de Oz, no Lona da Lua.Hoje, quando fui buscar a Sophia na Escola Criar, fui surpreendido com os personagens da peça “A Terra de OZ”, da equipe Lona na Lua. As crianças estavam fascinadas com a aproximação com o Leão, o Homem de Lata, o Espantalho, as Bruxas e a Dorothy.  Não sei se a tempestade e o túnel de vento saíram do Kansas e passaram pelo CRIAR, levando a escola para o mundo do Mágico de OZ. Entretanto, a Terra de OZ está em Rio Bonito, no Lona na Lua, e será apresentada no próximo fim de semana, dias 22 e 23 de agosto, às 19:30h. O Ingresso será R$15,00. Logo, não percam. Permitam-se a fantasia e o sonho em família.

 

Nadelson Costa Nogueira Junior 

486ffb92a30d294c4c276471555246a0

Zeca Novais: – Como as coisas funcionam por aqui…

Zeca Novais e a arte pulsando na veia.

Zeca Novais e a arte pulsando na veia.

“Acabo de receber a notícia de que a Prefeitura Municipal de Rio Bonito está agitando um evento de teatro aqui na cidade em julho, através das Secretarias Municipais de Educação e de Cultura.

Coincidentemente, essa agitação “espontânea e repentina” se deu logo após a participação do Lona na Lua no Caldeirão do Huck, da Tv Globo.
Toda produção cultural em uma cidade em que há decadas não há oferta de cultura, lazer e entretenimento à população é válida.
Entretanto, o que me deixa indignado é que o Lona na Lua, hoje exemplo de empreendedorismo social em todo o Brasil (em todo o Brasil!), não recebe apoio do poder público dentro de sua própria cidade e tem que assistir a Prefeitura apoiar iniciativas de fora vindo pra cá.
A Secretária de Cultura do município há bastante tempo vem fazendo uma administração sofrível, baseada em chás literários para inglês ver e em eventos vazios fadados ao fracasso.
Aqui as coisas funcionam assim.
Não há natal, não há carnaval, não há festa de aniversário da cidade, nem desfile cívico.
Sábado, o grande Poeta Leir Moraes faleceu, e sequer foi decretado luto oficial por parte da Prefeitura Municipal.
O governo municipal apoia quem vem de fora, numa tentativa frustrada de tentar maquiar vexames de uma administração pífia e desorganizada, que persegue e tenta castrar qualquer organização que atua de forma independente.
O Lona na Lua tem por DIREITO receber R$ 80.000 (oitenta mil reais) de subvenção da Prefeitura Municipal de Rio Bonito para manutenção das atividades em seu Espaço Cultural, e até hoje (já estamos no meio do ano), nenhuma parcela deste valor nos foi repassada.
Essa subvenção foi aprovada pela Câmara de Vereadores no ano passado e está prevista no orçamento de 2015.
Não me causaria espanto saber que a Prefeitura anda investindo em iniciativas forasteiras que só vem aqui para sugar o município, que não dá conta nem de apoiar os artistas locais.
Tenho muito orgulho em ter colocado o nome do Rio Bonito em evidência para todo o Brasil, e em breve estaremos levando o nome de nossa cidade para Berlim, na Alemanha, a convite do Nobel da Paz Muhammad Yunus, mas aqui, justamente aqui, somos tratados desta forma.
Triste e decepcionado.
Isso precisa acabar.”

Zeca Novais