Sinto saudades das flores,
Dos cortejos e da valsa.

Sinto saudades dos presentes,
Das caixas surpresas recheadas de chocolate.

Sinto saudades da etiqueta…
E daquele lindo vestido longo que contornava o corpo feminino.

Choro só de pensar na meia taça…
E na sensualidade do lingerie.

Sonho com passeios a cavalo…
E longas caçadas no bosque.

Desejo qualquer dia desses…
Viver tudo isso com alguém.
Todavia, as mulheres desse século…
Não são românticas ou criativas.

Gostaria de beber um bom vinho,
Acompanhado duma carne saudável.

De preferência, colocaria um par de velas acesas…
Sobre o altar da refeição carnal.

Preencheria o vazio do quarto com o incenso…
E o aroma das pétalas de rosas.

Leria um clássico literário,
Enquanto deleitava-me sob o afago de seus dedos.

Velaria seu sono para guarda-la em segredo.
Beijaria seus lábios como se fosse a primeira e a última vez.

Faria qualquer coisa para viver tudo isso…
Só não abriria mão de minha criatividade;
Pois, sem ela, minha existência não teria significado…
Eu seria mais um figurante na novela da vida.

Write A Comment

Pin It